segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Viajem - Salvador

Oi amados,

Estava sumida né?! Sorry! Foi por uma boa causa...
Quem me acompanha nas redes sociais deve ter percebido que estava em Salvador passeando.

Experimentei o tal "Acarajé e Vatapá". Não gostei, mais valeu a experiencia...hehehe
 Num lugar como Salvador onde é calor na maior parte do ano, não podia deixar de tomar a Caipinha.
Delíiiiicciiiiaaa!!!!
 
Passei pelo Projeto Tamar
A biodiversidade, a beleza natural e a riqueza histórica e cultural desta região turística fazem do Centro de Visitantes um dos mais frequentados do Brasil, atendendo a cerca de 600 mil pessoas/ano, entre membros da comunidade, estudantes, pesquisadores e turistas brasileiros e estrangeiros.
 
 
Entre tanques e aquários, são 600 mil litros de água salgada com exemplares da fauna marinha da região e de quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, em diferentes estágios do ciclo de vida.
 
Tem multimídia, cinema, vídeo, aquários, tanques, exposição permanente de painéis fotográficos, loja e restaurante. Um espaço cultural recebe eventos com artistas nacionais, internacionais e locais. As informações estão distribuídas por todo o espaço, através de painéis em português e inglês.
 
 Lindo lindo lindo... Adorei este espaço.

Outro lugar incrível é a Praia do Forte.
Muitos quiosques. Pasmem.... água de coco R$ 1,50!!!
 
 Tem um calçadão ótimo.
 Não parece mentira?! Gente, é lindo demais!
 Indescritivel.
 
Ainda na Praia do Forte, tem uma alameda de serviços ótima. Várias lojas e restaurantes.
 
 
 
 
 
 
 Acabei comprando uma saida de praia.
 
Farol da Barra
 
 

Elevador Lacerda 
Um dos principais pontos turísticos e cartão postal da cidade, este equipamento urbano fica na Praça Cayru no bairro do Comércio próximo ao Mercado Modelo, e liga a Cidade Baixa à Cidade Alta.
Visão lá de cima.
Você acredita que para bater foto com as Bahianas é pago? Custa R$ 2,00.

No city tur passei por algumas igrejas e museus (infelizmente, a maioria estava fechado. Porque lá, estes lugares só abrem depois das 10h.)
 
 
 
 
 
O famoso Pelourinho
 A história do Pelourinho se confunde, em muito, com a história da própria cidade de Salvador, no melhor ponto para a construção da "cidade fortaleza", o hoje chamado Pelourinho, local ideal de suas pretensões.
 As razões que levaram a escolha do Pelourinho são bastante claras. É a parte mais alta da cidade, em frente ao porto, perto do comércio e naturalmente fortificada pela grande depressão existente que forma uma muralha, de quase noventa metros de altura, por quinze quilômetros de extensão, o que facilitaria a defesa de qualquer ameaça vinda do mar.
 Em poucos anos, Tomé de Souza construiu uma série de casarões e sobrados, na parte superior dessa muralha, todas inspiradas, evidentemente, na arquitetura barroca portuguesa e erguidos com mão de obra escrava negra e indígena.

Igreja do Bomfim
 A construção deste santuário de peregrinação teve início em 1740 por Teodório Rodrigues de Faria, capitão da Marinha Portuguesa. Situada na única colina da península de Itapagipe, a Igreja do Bonfim, está praticamente concluída em 1754, sendo do ano seguinte a fundação da Irmandade.
 Focadíssima né?! hehehe

Mercado Modelo 
 O prédio, de propriedade da Prefeitura de Salvador, reproduz formas neo-clássicas consagradas da segunda metade do século XIX e é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. É cercado pela praça Cairu, Elevador Lacerda, armazéns das Docas, edifícios comerciais e um pequeno ancoradouro, conhecido como Rampa do Mercado Modelo, onde ainda aportam saveiros.

Dique Tororó
 É uma lagoa artificial limitada atualmente pelo bairro do Tororó em sua margem esquerda, pelo do Engenho Velho de Brotas em sua margem direita, ao Norte, pelo Estádio Octávio Mangabeira, conhecido por Fonte Nova, e, ao Sul, pelo bairro do Garcia.
 Esse é o único manancial natural de Salvador, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que possui uma lagoa de 110 mil metros quadrados. O espaço preferido para os amantes do esporte tem pista de cooper, raias para a prática do remo, decks para a pesca, piers para pequenas embarcações, equipamentos de esportes e ginástica, playgrounds, além do Centro de Atividades e da Praça de Eventos.
 
Ilha dos Frades
 Lugar de tirar o fôlego.
 Água cristalina e morna.
 
 
Praia de Itajuba
 Neste dia o sol não estava "firme", mas muito proveitoso.
 
 
Bom, estes foram alguns dos lugares que conheci. Minha estadia em Salvador foi ótima.
Hann esqueci de comentar sobre o hotel. Olha a visão que eu tinha todos os dias.
 
Espero que tenham curtido as fotos e obrigada por me acompanhar nas redes sociais.
 
Bjux e até amanhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário